Jung, mandala e arquitetura Islamica
Type
journal article
Year
2009
Resumo: 
Este artigo se propõe a refl etir sobre as origens do conceito junguiano de mandala. Utiliza-se o relato autobiográfi co de Jung, Memórias, Sonhos e Refl exões, e sua obra Psicologia e Alquimia para traçar essa origem. Segundo Barbara Hannah, biógrafa de Jung, uma mesquita no Cairo (Egito) foi de importância capital para a formulação desse conceito. Provavelmente esse templo é a Mesquita Ahmad Ibn Tulun. É analisada a relação entre a simbologia arquitetônica islâmica inspirada pelo sufi smo e as concepções psicológicas de Jung.
Palavras-chave: Jung, Carl Gustav, 1875-1961. 

Keywords: 
Mandala. Arquitetura islâmica. Mesquita Ahmad Ibn Tulun. Sufiismo.
Citation
Raffaelli, Rafael. 2009. “Jung, Mandala E Arquitetura Islâmica”. Psicologia USP 20 (1):47-66. https://doi.org/10.1590/S0103-65642009000100004. Archived at https://perma.cc/48JV-USGW.
Associated Sites
Authorities
Copyright
CC BY-NC 4.0
Country
Egypt
Switzerland
Language
Portuguese
Building Usages
mosque
religious
Keywords
psychology
mandala
mosques
sufism